Sempre tivemos um sonho de morar na Europa, porém em nossa última Cooltrip algo inusitado aconteceu. Como se fosse um teste, devido a forças da natureza, fomos forçados a prolongar nossas férias na Europa, e “viver como europeus por uma semana”.

Canal Amsterdam

Tudo começou num dia de “despedida” e “fim de férias”, de malas prontas, saimos do hotel para passear pela bela Amsterdam antes de nossa volta ao Brasil. Paramos para relaxar e olhar as news do Brasil na internet, quando abrimos o site da globo.com, na capa a manchete: “Iceland Vulcan Crisis” – fecha boa parte dos aeroportos na Europa.

Nossa primeira reação, “Será que o Shiphol está fechado? Tomara!”. Entramos no site, e na home já abordava o assunto vulcão e dava o aviso que o aeroporto estava fechado por tempo indeterminado!
Dia 15/04/2010, o maior vulcão da Islândia entrou em atividade, mostrando sua fúria, e suas cinzas fecharam boa parte do espaço aéreo europeu. Com isso, milhares de pessoas pelo mundo estavam “presas”, sem previsão de volta, e com informações desencontradas nos aeroportos. Porque a tal fumaça é carregada de micropartículas pesadas que em contato com a turbina do avião podem parar as turbinas, estávamos “presos” na Europa! .

Em vez de se desesperar, encaramos que acabara de chegar nossa oportunidade de experimentar morar europa.

Entrada apartamento amsterdam

É claro que nem tudo eram flores! Num primeiro momento pensamos que estávamos com pouco dinheiro in cash e até então impossibilitados de sacar, sem hotel, sem passagem de volta. Nossa agência no Brasil nos recomendou a ir até o aeroporto, porém a Cia Lufthansa, nos orientou o contrário: nem ir ao Aeroporto devido ao caos, e fazer a nova reserva pelo telefone. E aí começava o problema: não tinha um número free para ligar, cada minuto era uma fortuna, e longos minutos de espera,  já que assim como nós, “todo mundo” estava fazendo o mesmo!!!
E para piorar, sem nenhum tipo de seguro ou ajuda das companias aéreas, já que se tratava de um desastre natural!
Situação: milhares de pessoas pelo mundo todo estavam completamentamente abandondas em todos os sentidos!

Voltando a nós, nosssa reação se mostrou ser a melhor possível diante das histórias que ouvimos de outras pessoas, que estiveram na mesma situação! Resumindo é que não adiantou passar o dia no aeroporto em busca de soluções, pois não tinha o que ser feito até que a natureza permitisse! Em vez de lutar contra o vulcão, nós fluimos com ele!

Decidimos alugar um apartamento para baratear os custos, uma que vez que os preços dos hotéis triplicaram em um dia!

Sala Apartamento

Entramos no clima e relaxamos, teríamos que ficar pelo menos mais 4 ou 5 dias . Com isso, voltamos ao NH CENTRE Hotel e perguntamos se poderíamos ficar mais 1 noite. Para nossa surpresa, alegaram que estavam bem cheios e se quiséssemos ficar, só havia a uma tarifa bem mais cara!  Até no caos e dificuldade alheia o mundo capitalista arruma uma maneira de se beneficiar.  E pior, a maioria dos hotéis não tinha vaga, já que as pessoas, com medo de ficar sem lugar para dormir, pagavam os preços praticados.

Foi então que usamos uma COOLTIP do COLLTRIPS , e alugamos um ap animal!! Noventa metros quadrados, vista para o canal, perto de tudo, todas as máquinas possíveis, como máquina de lavar e secar roupas, perfeito para quem contava em voltar para casa naquele dia!

Vondel Park

Íamos no supermercado Albert Heijn decidir nosso cardapio diário e alugamos uma bike. Curtíamos Amsterdam como locais!  Nos dias de sol íamos para o Parque, nos dias de muito frio, tomávamos chocolate quente na janela com vista para o canal. Ou um “amsterdam coffee”. Foi perfeito!

Depois soubemos que quem pegou vários trens para tentar voar de outros aeroportos, gastou dinheiro e saúde, e não conseguiram vôo,  a menos que comprassem. Caso contrário eram mandados de volta para respeitar o trecho comprado! No meu vôo conheci pessoas nestes casos, entre outros!

Mas imaginem as pessoas que  estavam com o dinheiro apertado, sem meios de sacar, cartão com pouco limite, sem celular??!!!! Sofreram muito…. Até agora não soube de nenhum reembolso ou indenização… As contas chegaram…