Neste dossiê você vai saber tudo que sempre quis perguntar e nunca teve coragem ou oportunidade. Essas dicas exclusivas  são a garantia de conhecer os melhores coffee shops da cidade! Artigo escrito por um Jurado Brasileiro paricipante da Copa do Mundo de Cannabis em Amsterdam

Hoje em dia existem mais de 700 cafés espalhados pela holanda, sendo a grande maioria espalhados por Amsterdam, e a primeira dica é comprar um “Smokers Guide” – GUIA dos Coffe Shops, vendido em bancas, lojas de souvenirs ou nos próprios coffe shops. No guia constam todas informações que desejar saber, tanto para “marinheiros de primeira viagem” como para “experts”!

Existem vários tipos e estilos diferentes de coffee shops na cidade de Amsterdam. Alguns têm ambiente agradável e rústico, outros modernos com internet e facilidades, outros você pode escutar boa musica ao vivo ou djs e ainda jogar sinuca. Claro, todos com decoração temática muito interessantes que caraterizam cada visita. Existem os conhecidos pela boa qualidade de seus “produtos”(normalmente os produtores) e, os “turísticos” e caros. Alguns têm até restaurante, com bons sanduíches ou uma ótima opção de café da manhã com bom custo-benefício. Já que em muitos hotéis o café não está incluso, normalmente custam “os tubos”. Tem até um coffe shop que serve uma boa gelada holandesa! Ahh! A grande maioria conta com todos os “brinquedos” para você se divertir. Bongs, Vaporizadores, Pipes, Water Pipes…

Agora que você já conhece um pouco dos cafés; não deixe de conferir…

Os melhores coffeeshops!!

Mas cuidado para  conseguir se lembrar depois do Tour!

A rota para essa “viagem” e “desgutação” para que você possa se localizar no mapa da cidade, é cruzando a cidade saindo da Estação Central em direção a famosa Leidseplein, próxima ao Vondel Park. Indicamos alguns dos cafés mais interessantes de cada região. Mas claro, não há como fazer essa “maratona” em 1 dia, sendo assim use as dicas e faça um pouco a cada dia…. enquanto faze suas compras ou vista pontos turísticos.

Os coffee shops mais novos de Amsterdam e também os mais interessantes, estão próximos a Estação Central, na rua Haarlemmer – straat. Você encontrará o famoso GreenHouse (produtor de ótima qualidade e ganhador muitas “cannabis cup”), ambiente muito agradável, chão de vidro com aquário de carpas, bons sanduíches e café da manhã. Outro famoso e gigante, que também produtor e ganhador de muitas “cannabis cup”, está nessa rua um pouco mais à frente é o Barneys Uptown, ambiente aconchegante e restaurante. Ainda na Haarlemmer – straat  você encontra o Dampkrins, um dos mais badalados de Amsterdam, eles também tem outra loja próxima a parada da Princenstraad. Lá foram gravadas cenas do filme Ocean 11 e astros como George Cloney e Brad Pitt estiveram para degustar as excelentes ofertas do “menu”.

Seguindo mais adiante, não deixe de conhecer  o charmoso 4:20 na Oudebrugsteeg,27, e de degustar o variado cardápio utilizando o vaporizador e tomando um chocolate quente (no inverno) ou um suco de maça gelado (no verão)! E claro, chegue às 4:20, horário mundial para, você sabe….

Saindo de lá siga em direção ao bairro da Luz Vermelha onde você poderá conhecer o “ Frist One” de Amsterdam, primeiro café  da cidade aberto em 17 de Dezembro de 1975, o BullDog. O nome é homenagem a um cachorro raça Bulldog muito simpático chamado Joris, tema da decoração do café. Como no começo não era assim “liberado”, esse simpático café tinha em seu subsolo uma espécie de “café underground” onde seus frequentadores degustavam sua erva com tranquilidade. Para consegir isso, o subsolo tinha uma ligação estratégica por um duto com o Café de cima. Aparentemente era um simples café aos olhos daqueles que por ali passavam. Quando a fiscalização chegava era jogada uma laranja por esse duto para alertar o pessoal que a “festa havia acabado”, ou pelo menos até que os “fiscais” fossem embora. Depois “light it up”. Hehe! O café é todo grafitado por fora.  muito bacana! Por dentro é decorado com a história do café e do Joris. Na mesma rua você irá encontrar outros BullDogs (existem uns 8 espalhados pela cidade), o BullDog não é mais um simples café, hoje estampa sua carinha em inúmeros produtos e até um enérgetico. Além de ter vários cafés pela cidade, a marca conta com um hotel, um bar, lojas de souvenirs e alguns carrinhos adesivados de bulldog, que circulam pela cidade fazendo a distribuição dos produtos!!

Universidade Cannabis

Ainda na mesma rua do Bulldog “first one” você encontra o Museu da Maconha&Hashish, que conta a história desta erva sagrada, seus rituais, uso medicinal e muito mais! Próximo ao museu visite a Universidade da Maconha,hehehe, onde você poderá ver e aprender técnicas de plantio e degustar direto da horta…

Loja de camisinhas malucas

Na rua paralela ao museu, que leva a praça DAM, onde os artistas de rua se encontram, existem mais alguns cafés interessantes e vale a pena caminhar por ela. Em especial me lembro do Route 66, moderno e com e-music e bons sofás. No mais entre nos que gostar, pois são vários nessa rua. Não deixe também de olhar uma loja, chama “Condomirie Condom World”, bastante sugestiva e engraçada…. E claro, já que está próximo a Luz Vermelha, caminhe pelo bairro para ver as famosas “moças de família” em suas “vitrines-casas”! É engraçado quando algum turista resolve tirar uma foto! Leva água na cara e escuta alguns belos palavrões em Holandês!!!!heheheh…

Voltando ao tema incial desse post, depois de caminhar por essa região, siga à praça DAM  onde próximo você encontrará o Café ABRAXAS. A variedade e o ambiente são muito bacanas, e tem uma loja de souvenirs ao lado….

Dampkring coffeeshop - Koningsplein

Agora siga sentido a Koningsplein, e procure o Dampkrins para fazer um pit stop. Esse é ótimo para se abastecer aproveitando boas promoções e ver as fotos dos famosos astros George Cloney e Brad Pitt. Lá vive um gato muito engraçado. Ele fica sentado no banco ou no balcão para olhar a janela.

Depois do pit stop, vá pela rua princial (dos bondes), ainda na Koningsplein, e entre na rua Herengracht (ótimos restaurantes nessa rua, confira no post dicas de restaurantes). Nesta rua tem o café  The Other Side, sim ele é GLS, mas você será bem recebido independete de suas escolhas. Vale a visita já que lá você encontrará o maior “cigarrinho de artista” de Amsterdam. (Talvez por isso é considerado pelos gays) Ele já vem pronto, é enorme e chama-se Mix de Skunk…. Acho que custa €5.

Depois, voltando à rua principal, sentido Leidseplein, dê uma parada no Rokerij. Ele fica na rua do Macdonalds, já bem próximo da praça. Esse é um dos mais legais e aconchegantes de Amsterdam. Muito bem decorado com motivos hindus, tem djs em algumas noites, é bem frequentado e vale a pena ficar um bom tempo ali curtindo. Existem mais 3 Rokerij espalhados pela cidade, vale a pena conferir todos, pois cada um tem uma decoração e tema estilo oritental. Todos de muito bom gosto e bacana…

Não deixe de ir também:

Rookies – Boas ofertas e o melhor chocolate quente de Amsterdam. Tem hotel também.
Rua Korteleidsedwar-straat,145.

barneys coffeshop

Barneys Lounge – moderno, chic , frequentado por um público mais seleto, executivos e pessoas mais velhas (25-50), numa região menos turística de Amsterdam.
Rua Reguliergracht, proximo a Waterlooplein

AMNESIA – MUITO LEGAL, ótima qualidade, variado “menu”, mas é caro. Normalmente é nesse café que é feita a entrega das credencias dos juízes da Cannabis Cup (leia nesse blog o post sobre a “Copa do Mundo da Cannabis”, eu participei como jurado!)
Rua Herengracht, 131.

The Dolphins – Estilo fundo do mar. Meio caído. Rua Kerk-Straat,39.

BABA Coffeeshop – Tem um Ganesh muito bonito e gigante dentro, que é simbolo do coffee shop. Porém é meio sujo. Sempre cheio.

Hunter’s –  Desde 1985, porém está reformado em estilo moderno e tem computadores com internet. Warmoesstraat, 24, 35, 37

Betty Too Café – Pequeno e com tema Betty Boop!

Pinturas Psicodélicas

@internet Café – Fica rua da churrascaria Gauchos ao lado do Bulldog da Leidsaplein. Tem internet, mesas de sinuca e pinturas psicodelícas muito loucas. Meio sujo e pouca variedade.

Kandinsky – Bacana! Próxima a Spui e a loja Magic Mushroom.

Coffeeshop Sanementereng – Este realmente é diferente dos escuros e cheio de turistas! Parte  do coffeeshop é uma loja de antiguidades com máscaras Africano, manequins, mapas, bijuterias, jóias de penas, uma loja aconchegante no Jordaan. Você vai adorar este lugar.  Tweede Laurierdwarsstraat 44 Amsterdam.


Informações importantes:
Regras nos Coffee shops de Amsterdam

Vale lembrar que os coffee shops só podem vender a maiores de 18 anos, eles conferem o passaporte em alguns casos,  e a quantidade máxima por pessoa é 5g.  Sendo assim, se for comprar essa quantidade,vai aqui vai mais uma boa dica: compre em um só café, pois normalmente você ganha algum desconto ou brinde….

Nos cafés não é permitida a venda de bebida alcóolica. Alguns tem até uma gelada, mas sem alcool, heheh. Mas calma!!! Na famosa praça Leidseplein você encontra o Bar do Bulldog e ao lado o Coffe Shop Bulldog, onde você pode fazer suas compras e depois sentar-se em algumas das meses que ficam na frente da praça e degustar sua gelada e seu cigarrinho ao mesmo tempo….

Existem os Smoking Friendly Spot – são bares e restaurantes que permitem fumar. Alguns são: Sound Garden, bar com Dj; Absinthe e Wonder, bares.

Aos desavisados, em amsterdam é permitido o consumo de cannabis nas ruas, ponto de onibus, à beira dos canais praças. Alias, No Parque Vondel é incrível! Mas sempre respeitando os que não fumam

Vale lembrar que cigarro “normal” (TABACO) não é permitido em coffeeshops!

Atenção: Não pague mico em Amsterdam!

menu coffeeshop

Muitas pessoas confundem e tentam comprar marijuna nas seedshops. Na cidade existem três tipos de drugstores, ou será drugs shops? As “Seed Shops”, você só encontra sementes, livros e equipamentos para o plantio. Existem inúmeros bons produtores (Sensi Seeds, Barneys Farm, GreenHouse…). Nos “Coffee Shops” é possível comprar marijuana e hash com vasta variedade, e existem ainda os “Smarts Shops”, onde são vendidos cogumelos mágicos e outros itens que você não encontra por aí em qualquer “shop”. A mais famosa é a Magic Mushrooms na Spui-straat, 249.

IMPORTANTÍSSIMO – Novas politícas de cannabis para turistas em Amsterdam em 2010?
Estão em debate novas politícas quanto ao consumo de cannabis por turistas em Amsterdam. Hoje na holanda existem duas frentes, uma mais liberal e outra mais conservadora. Para resumir a discussão, os conservadores desejam mudar as regras do jogo. Em 2010, troca-se o comando, e cogita-se liberar a venda somente à residentes holandeses. Proibir que estrangeiros comprem cannabis em Amterdam. Já a outra frente pretente legalizar toda a cadeia produtiva que envolve a cannabis e ampliar as fronteiras. Vamos esperar para ver qual frente irá vencer. Viva a Sociedade Alternativa! Leia mais, neste artigo.

Fomos até Amsterdam levantar mais informações sobre essa importantíssima notícia!! E não é nada disso! Não bem assim. Veja nosso Artigo: Verdades e Mentiras sobre a proibição da cannabis em Amsterdam”